ABELHUDA

Autor: Mauro Vieira
Intérprete: Bonfim Abaethé

Abelhuda quando voa
Faz zum, zum, zum, zum, zum, zum
E alegra toda floresta
Com seu zum, zum, zum, zum, zum

Ela colhe o pólen da flor
Depois fica olhando o céu
Agradecendo ao Criador
Pela delícia de fazer o mel

Zum, zum, zum, zum, zum, zum, zum
Zum, zum, zum, zum, zum, zum, zum
Faz da vida uma cançao
Do dia-a-dia um belo jardim
A mae zumbida e o pai zanzao
Vivem com ela a cantar assim:

Zum, zum, zum, zum, zum, zum, zum
Zum, zum, zum, zum, zum, zum, zum

Arranjo, execuçao musical e programaçao: Rogério Cauchioli.